Remuneração dos executivos

Remunerações dos administradores, responsáveis pelo planejamento, direção e controle das atividades da Oi

Na Assembleia Geral Ordinária e Extraordinária (AGOE) ocorrida em 30 de abril de 2020 foi aprovada por maioria dos acionistas a proposta da administração para a fixação de remuneração da Administração para o próximo exercício, na seguinte forma:

  • Verba global anual para o Conselho de Administração no valor de até R$8.249.008,80;
  • Verba global anual para a Diretoria da Companhia no valor de até R$ R$69.610.656,90; e
  • Verba anual para o Conselho Fiscal, no valor mínimo previsto no parágrafo terceiro do artigo 162 da Lei das S.A.

Planos de Incentivos aos Colaboradores

Plano de Participação nos Resultados:

O plano de participação nos resultados foi instituído em 1999 como forma de incentivo para os colaboradores cumprirem as metas estipuladas pela Companhia e para alinhar os interesses dos colaboradores aos dos acionistas. As regras do programa de participação nos resultados são negociadas com o sindicato através de acordo coletivo específico e o pagamento está atrelado ao atingimento das metas dos indicadores definidos anualmente pelo Conselho de Administração da Companhia. São considerados indicadores de desempenho financeiros e de qualidade, como Fluxo de Caixa Operacional, Receita, Despesa, e indicadores que medem a Qualidade dos serviços prestados.

Plano de Incentivos de Longo Prazo:

O vigente plano de incentivos de longo prazo baseado em ações para os Executivos Chave foi submetido e aprovado em Assembleia Geral Extraordinária, realizada no dia 26 de abril de 2019. Tal plano permite a outorga de Ações aos Beneficiários, visando promover alto engajamento dos executivos e mantê-los comprometidos para garantir a realização das metas estratégicas de médio e longo prazo da Companhia.

Sendo a valorização das ações da Companhia o seu principal indicador, o programa tem como objetivo proporcionar aos executivos uma participação no desenvolvimento da empresa, alinhando os seus interesses com aqueles dos acionistas, além de possibilitar à Companhia atrair e reter profissionais de primeira linha, oferecendo-lhes a oportunidade de serem recompensados em função da geração de valor para os acionistas.