Oi - Relações com Investidores Mobile | Divulgação de Resultados do 3º Trimestre de 2017

Divulgação de Resultados do 3° Trimestre de 2017

Melhoria anual de EBITDA e geração de caixa no ano baseadas na eficiência operacional, aliadas ao avanço de indicadores de qualidade

Oi apresenta lucro líquido com as operações brasileiras e mais um trimestre com melhoria anual de EBITDA e de margem.

  • As operações brasileiras registraram lucro líquido pela primeira vez desde o 3T15, somando R$ 217,5 milhões no trimestre.
  • O lucro líquido consolidado, considerando as operações internacionais, ficou em R$ 8 milhões no trimestre.
  • EBITDA de Rotina registrou R$ 1.597 milhões no 3T17, um aumento de 4,1% em relação ao 3T16.
  • Margem EBITDA de Rotina alcançou 27,0%, um crescimento de 2,2 p.p. contra o mesmo período do ano passado.

Receita líquida de serviços retoma trajetória de crescimento trimestral.

  • Receita líquida de serviços apresenta crescimento sequencial de 2,3% impulsionada pela maior penetração dos produtos convergentes; pelo crescimento do volume de recargas do pré-pago e pelo aumento das receitas do pós-pago com a expansão das vendas de novos planos Ilimitados.

Companhia reduz custos em R$ 337 milhões e acumula R$ 1,5 bilhão de redução nos nove primeiros meses do ano.

  • A eficiência operacional se traduz em redução sustentável de custos, reforçada pela evolução contínua dos indicadores de qualidade.

Oi segue ampliando investimentos em infraestrutura confirmando o compromisso com o futuro e a sustentabilidade do negócio.

  • A Oi ampliou os investimentos em 36,3% em relação ao 3T16, alcançando R$ 1,3 bilhão no 3T17 e atingindo 22,6% da receita líquida, contra 15,9% no 3T16.
  • Nos nove meses acumulados do ano, o total de investimentos atingiu R$ 3,8 bilhões, com crescimento de 11,6% em relação ao mesmo período de 2016.

Desde a entrada em Recuperação Judicial, as operações da Oi geraram R$ 2,6 bilhões de caixa.

  • No 3T17 o crescimento do caixa foi de R$ 287 milhões, sustentando a ampliação dos investimentos que a Companhia realizou nesses três meses.

Ações voltadas a aumentar eficiência operacional e melhorar a experiência do cliente refletem em avanços consistentes de indicadores operacionais e de qualidade.

  • Gestão ativa baseada na modernização da infraestrutura e expansão da capacidade da rede; realização de ações preventivas com aumento de produtividade; melhoria da qualidade do atendimento e digitalização geram ganhos de eficiência operacional e melhoria da experiência dos clientes.
  • Como resultado, a Oi vem registrando melhorias substanciais na experiência dos clientes, com redução contínua dos indicadores de reclamações da ANATEL (-13,9% versus 3T16) e do JEC (-33,7% versus 3T16).

Oi mantém evolução no processo de Recuperação Judicial e segue negociando com os credores buscando a melhor proposta de plano de recuperação judicial, para ser submetida a aprovação na Assembleia Geral de Credores no dia 7 de dezembro.

Para acessar o PDF na íntegra, clique aqui.


Última Atualização: 13 de novembro de 2017

COPYRIGHT (C) 2017 OI