Oi - Relações com Investidores Mobile

Oi S.A. - Em Recuperação Judicial
CNPJ/MF N° 76.535.764/0001-43
NIRE 33.30029520-8
Companhia Aberta

Rio de Janeiro, 30 de junho de 2017.

B3 S.A. - Brasil, Bolsa, Balcão
At: Nelson Barroso Ortega
Superintendência de Acompanhamento de Empresas

c.c.:

CVM - Comissão de Valores Mobiliários
At.: Sr. Fernando Soares Vieira - Superintendente de Relações com Empresas
Sr. Francisco José Bastos Santos - Superintendente de Relações com o Mercado e Intermediários

Ref.: Ofício 1209/2017 - SAE

Solicitação de esclarecimentos sobre notícia veiculada na imprensa

Prezados Senhores,

Em atenção ao Ofício 1209/2017 - SAE enviado pela B3 S.A. - Brasil, Bolsa, Balcão ("Ofício"), por meio do qual são solicitados à Oi S.A. - Em Recuperação Judicial ("Companhia") esclarecimentos com relação à notícia veiculada pelo Jornal O Globo, em 28.06.2017, nos termos adiante transcritos, a Companhia vem esclarecer o que segue:

"29 de junho de 2017

1209/2017-SAE

Oi S.A.

At. Sr. Ricardo Malavazi Martins

Diretor Responsável

Ref.: Solicitação de esclarecimentos sobre notícia veiculada na imprensa

Prezados Senhores,

Em notícia veiculada pelo Blog do Lauro Jardim, do jornal O Globo, em 28/06/2017, consta, entre outras informações, que:

1. Um comitê formado por acionistas e diretores da Oi decidiu, numa reunião realizada em 28/06/2017, no Rio de Janeiro, que fará uma capitalização bilionária na operadora. Serão R$ 8 bilhões no total.

2. Uma parte será aportada antes do fim da recuperação judicial e o restante em até três anos.

Solicitamos esclarecimentos sobre o item assinalado, até 30/06/2017, com a sua confirmação ou não, bem como outras informações consideradas importantes."

Como já informado, a Oi reitera que continua mantendo conversas com credores, potenciais investidores e demais stakeholders com relação ao seu plano de recuperação judicial, tendo por objetivo buscar melhorias ao plano que possam ser aprovadas o mais rapidamente possível pela Assembleia Geral de Credores, garantindo a sustentabilidade dos negócios da Companhia.

Na reunião do Conselho de Administração realizada em 21.06.2017, a administração da Companhia, em conjunto com a Laplace Finanças, assessor financeiro da Companhia para a recuperação judicial, apresentou aos membros do Conselho de Administração estudos e cenários desenvolvidos com base nos feedbacks de credores para permitir a evolução das interações que vêm regularmente ocorrendo. Estes cenários foram discutidos com o Conselho de Administração, que autorizou a continuidade das conversas e o aprofundamento de alguns temas relevantes, incluindo, entre outros, as possíveis condições de uma eventual capitalização da Companhia como parte do plano de recuperação judicial. Posteriormente, estes temas foram debatidos e aprofundados em reunião não deliberativa realizada em 28.06.2017 pelo grupo de trabalho constituído pelo Conselho de Administração em reuniões de 31.08.2016 e 14.09.2016 para fins da recuperação judicial da Companhia.

Especificamente com relação às matérias descritas na notícia, a Companhia informa que não houve decisão sobre os termos de uma proposta, nem tampouco houve aprovação de modificações nas novas condições financeiras apresentadas ao Juízo, em 28.03.2017, como ajustes ao plano de recuperação judicial da Companhia.

Finalmente, tendo em vista as especulações veiculadas na mídia a respeito das suas atividades, a Oi alerta aos seus acionistas e ao mercado em geral para que considerem apenas as informações e documentos oficialmente divulgados pela Companhia em seus canais formais de comunicação, inclusive as diversas comunicações a respeito da sua recuperação judicial.

A Oi se coloca à disposição para outros esclarecimentos.

Atenciosamente,

Oi S.A. - Em Recuperação Judicial

Ricardo Malavazi Martins

Diretor de Finanças e de Relações com Investidores

Para acessar o PDF na íntegra, clique aqui.


Última Atualização: 30 de junho de 2017

COPYRIGHT (C) 2017 OI